conversas-significativas-vs-conversas-irrelevantes

A comunicação verbal é, em resumo, todo tipo de passagem ou troca de informações por meio de linguagem escrita ou falada. O sucesso deste tipo de comunicação depende da clareza das mensagens que são passadas, e esta está diretamente ligada à compatibilidade do acervo vocabular e intelectual dos envolvidos na troca de informação.


Isso a torna bastante complexa, e não é sempre conseguimos expressar com exatidão, de forma clara aquilo que gostaríamos para quem nos ouve ou lê aquilo que escrevemos. Existem muitos empecilhos que nos deixam “travados” e não permitem nos comuniquemos de uma forma mais aberta e mais compreensível. Essa dificuldade durante uma conversa é muito comum nos homens. Nessa hora, é preciso ter muita confiança e intimidade para que uma conversa significativa realmente ocorra de forma aberta e clara.

Refletindo sobre isso, é válida a pauta sobre as conversas significativas e as conversas irrelevantes para nossa vida. Se este tema chamou sua atenção, continue com a leitura. Vamos começar pelas conversa significativas.

Conversas significativas

Estas costumam ser conversas mais íntimas, mais importantes e reservadas, onde podemos demonstrar o que realmente pensamos, dialogando sobre o que sentimos e damos nossa opinião verdadeira sobre as coisas. Muitos conhecem esses momentos como “ser nós mesmos”. Quando dialogamos como com nossas próprias opiniões e expomos de forma clara o que queremos, sem nos preocupar com o que o outro vai pensar.


Geralmente, conversas significativas tratam aqueles assuntos sobre o que gostamos e que nos desperta interesse. Falamos sobre nossos anseios, medos, nossas vontades e coisas que realmente nos importam. Homens costumam sentir mais dificuldade em estabelecer esse tipo de conversa, principalmente com amigos e conhecidos. Esse é o motivo pelo qual nós utilizamos mais as conversas irrelevantes.


Conversas irrelevantes

Conversas irrelevantes não necessariamente são ruins, mas elas não têm tanta importância quanto uma conversa de fato relevante. Essas geralmente se caracterizam por conversas sobre informações que tangem o cotidiano, o papo com os amigos sobre futebol no bar, os comentários sobre um discurso, ou até sobre o vídeo de sua banda favorita, e aí po diante. É tudo aquilo que “falamos por falar”. Por costume, nos utilizamos dessas conversas irrelevantes para ter assunto e para iniciar uma interação.


O problema é que com o tempo, pode acabar se tornando um hábito e nós ficamos acostumados a utilizar apenas esse tipo de conversa e isso nos leva a esquecer de conversar sobre o que realmente importa. Mas por fim, isso é medo de nos expor aos outros, pois não queremos demonstrar quem realmente somos e nossas próprias opiniões. Como consequência, se cria relações frágeis, sem um vínculo verdadeiro e sólido, fazendo com que a amizade se desgaste e que as relações percam o sentido. Quanto mais utilizamos da conversa irrelevante em uma relação que consideramos relevante, mais nos afastamos das pessoas. Então é melhor tomarmos cuidado com isso.


Comentários

Deixe seu comentário


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Edições Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha