A empresa americana Jetpack Aviation anunciou a produção da primeira moto voadora. As vendas já começaram e o preço parte de US$ 380 mil (R$ 1,5 milhão em conversão direta, sem adição de impostos e custos de importação), antes mesmo de ficar pronta. Ainda em fase de desenvolvimento, a empresa informou que o modelo atinge a velocidade máxima de 240 km/h e chega a 4.500 metros de altura. Em sistema de pré-venda, encomenda do veículo pode ser feita pela internet.

Outras fabricantes já estão trabalhando em projetos de motos voadoras em diferentes partes do mundo. Inclusive, a polícia de Dubai participou de testes com um modelo similar fabricados com uma empresa russa.

Diferente dos carros voadores, essas motos não contam com rodas ou pneus, ou seja, só são feitas para voar e não rodar em estradas. Veículos de 4 rodas e capazes de voar também já estão à venda no mundo, eles são apontados por autoridades como uma solução para problemas de de mobilidade urbana, que enfrentamos atualmente. Inclusive, noticiamos o lançamento de um deles para venda há pouco tempo.

O modelo ainda está em fase de desenvolvimento e se você quer garantir a sua, vai ter que desembolsar US$ 10 mil e, futuramente, pagar o restante. Ainda não há um prazo definido para a entrega das primeiras unidades.



Ainda segundo a fabricante, apenas 20 unidades serão produzidas para a venda ao público comum.


A Jetpack Aviation ficou conhecida por fabricar o equipamento que leva o mesmo nome da empresa, um tipo de mochila que conta com turbinas e é capaz de fazer uma pessoa voar, a Jetpack tem como objetivo fornecer a moto voadora para governos e projetos militares no futuro.

Apesar de as primeiras unidades terem destino recreativo, a empresa espera que a moto voadora possa ser utilizada em resgates em áreas remotas no futuro.


A moto é movida por 4 turbinas, com combustão a diesel ou querosene, ela consegue ultrapassar os 240 km/h e chegar à altura de 4.500 metros. Sua autonomia varia de 10 a 22 minutos. No entanto, a Jetpack ressalta que, como o veículo ainda está em desenvolvimento, o desempenho ainda pode sofrer alterações.



Nos Estados Unidos, os futuros donos de uma moto voadora vão ter que passar por treinamento e possuir uma licença para voar. Ainda haverá uma versão da moto com velocidade reduzida que não precisará da habilitação de voo, apenas do 
treinamento.


Comentários

Deixe seu comentário


Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa Afiliados Área do parceiro Edições Imprensa Contato RSS

Preencha o endereço de e-mail utilizado no seu cadastro para receber sua senha